Carregando...
JusBrasil - Política
18 de abril de 2014

UPA 24 horas amplia rede de atendimento da saúde pública

Publicado por Prefeitura de Maringá (extraído pelo JusBrasil) - 2 anos atrás

LEIAM 0 NÃO LEIAM

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas da Zona Sul, que será inaugurada no domingo (25), às 9 horas, com a presença do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, amplia e completa a rede de atendimento da saúde pública de Maringá. Junto com a UPA, ao lado do Hospital Municipal, vai ser inaugurada também a nova Central de Regulação do SAMU 192, e o ministro entrega ainda o novo prédio da Unidade Básica de Saúde do Jardim São Silvestre.

A UPA começa a atender na segunda-feira, às 7 horas, e será a porta de entrada para as urgências e emergências. Durante o dia serão atendidos os pacientes encaminhados pelas Unidades Básicas de Saúde, e que necessitam de atendimento de urgência. Durante a noite serão atendidos os pacientes encaminhados pelo SAMU e que também necessitam de atendimento de urgência.

O secretário de Saúde, Antônio Carlos Nardi, ressalta que a UPA 24 horas é uma estrutura de complexidade intermediária entre as Unidades Básicas de Saúde e as portas de urgência hospitalares, compondo uma rede organizada de Atenção às Urgências. As UPA 24 horas tem estratégia de atendimento diretamente relacionada ao trabalho do SAMU, que organiza o fluxo de atendimento e encaminha o paciente ao serviço de saúde adequado à situação.

A UPA 24 horas Zona Sul tem área de

metros quadrados e recebeu investimento de R$ 3.112.014,51, sendo R$

do convênio com o Ministério da Saúde e contrapartida do município de R$ 1.162.014,51. O atendimento será realizado por cinco médicos clínicos, dois pediatras, enfermeiras, auxiliares de enfermagem, auxiliares administrativos, assistente social, farmacêutico bioquímico, nutricionista, auxiliar de farmácia e auxiliar de serviços gerais.

O ministro Alexandre Padilha, que participa das inaugurações de domingo em Maringá, diz que a UPA 24 horas tem papel fundamental de preencher um espaço entre as Unidades Básicas de Saúde, Atenção Básica e os serviços de mais alta complexidade. Alguns dados do Ministério mostram que de cada cem pessoas que procuram a UPA, apenas três precisam ir para o Pronto-Socorro. Nós oferecemos à população um serviço de atendimento mais perto de onde elas vivem, mas também ajudando no atendimento de toda a cidade porque reduz a lotação dos Pronto-Socorros e Hospitais, afirmou Padilha.

SAMU 192

A inauguração da Central de Regulação do SAMU 192 também vai melhoram a estrutura do serviço no município. A Central tem 500 metros quadrados, e recebeu investimento de R$ 886.426,13, em recursos do Governo Federal e contrapartida do município. O SAMU de Maringá conta com 24 médicos reguladores/intervencionistas, seis enfermeiros intervencionistas, 25 auxiliares de enfermagem, 25 condutores de veículos de emergência, 10 teleatendentes de regulação média, cinco controladores de frota, uma enfermeira e quatro auxiliares de enfermagem para a central de materiais, um médico gerente de atenção as urgências e emergências, um enfermeiro coordenador, um auxiliar administrativo e dois auxiliares de limpeza.

O SAMU atende pelo telefone 192 em casos de acidentes na rua ou em residências, problemas cardiorespiratórios ou crise de hipertensão, intoxicações, emergências obstétricas e para a transferência entre hospitais quando há risco de morte para o paciente. A expansão do SAMU contribui, em primeiro lugar, para reduzir o tempo de espera para começar um atendimento, mas, sobretudo, para salvar vidas nas situações mais críticas, ressalta o ministro Padilha.

UBS São Silvestre

Ainda no domingo, às 11 horas, o ministro participa da inauguração do novo prédio da Unidade Básica de Saúde do Jardim São Silvestre, na mesma região da UPA 24 horas Zona Sul e a Central de Regulação do SAMU. Construído pelo município em parceria com o programa de Atenção Básica do Ministério da Saúde, a UBS São Silvestre tem área construída de 485 metros quadrados e recebeu investimento de R$ 816.290,00.

A UBS São Silvestre conta com uma equipe composta por seis auxiliares de enfermagem, dois auxiliares administrativos, uma enfermeira, um psicólogo, duas auxiliares de serviços gerais, dois odontólogos e dois auxiliares, e duas equipes do Estratégia Saúde da Família composta por dois médicos, duas enfermeiras, dois auxiliares de enfermagem, e nove Agentes Comunitários de Saúde. A unidade tem abrangência em nove bairros da região: Jardim Catedral, Jardim Fregadolli, Sol Nascente, Prolar, São Silvestre, Céu Azul, Jardim Europa e Sanenge III, para uma população de 12 mil pessoas.

O novo prédio da unidade vai oferecer melhor estrutura para os procedimentos de rotina, e também para as reuniões da ESF e dos grupos programáticos, para as palestras odontológicas e escovação supervisionada para a comunidade. A UBS São Silvestre possui ainda um programa de visitas domiciliares para consultas médicas/enfermagem e procedimentos de enfermagem.

0 Comentários

Faça um comentário construtivo abaixo e ganhe votos da comunidade!

Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula.

ou

Disponível em: http://pref-maringa.jusbrasil.com.br/politica/8526170/upa-24-horas-amplia-rede-de-atendimento-da-saude-publica